Anderson Mendes, integrante da Unidade Eldorado

Odebrecht Agroindustrial

www.odebrechtagroindustrial.com

Criada em 2007, a Odebrecht Agroindustrial atua de forma integrada na produção de etanol, açúcar e energia elétrica, atendendo aos mercados nacional e internacional. Conta com nove unidades localizadas nos estados brasileiros de São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A empresa tem 450 mil hectares de área plantada e é capaz de produzir anualmente 3 bilhões de litros de etanol, 700 mil toneladas de açúcar e 3.100 GWh. Além de gerar energia limpa e renovável e adotar práticas de referência em conservação ambiental em todas as áreas produtoras de cana, a Odebrecht Agroindustrial fomenta o desenvolvimento econômico e social nas regiões em que opera.

Destaques

  • 23% de crescimento na safra 2015/2016 em relação à safra anterior. No total, foram moídas 29,2 milhões de toneladas de cana-de-açúcar.
  • 2,1 bilhões de litros de etanol produzidos – combustível suficiente para movimentar 42 mil carros compactos durante um ano, que, assim, deixam de emitir 4,2 milhões de toneladas de gás carbônico.
  • 460 mil toneladas de açúcar, comercializadas em 24 países.
  • 2,2 mil GWh de energia elétrica exportados, para suprir as demandas de mais de 10 milhões de pessoas no Brasil.
  • Saldo de 5,9 milhões de toneladas de CO2e: as emissões relativas a produção, processamento, transporte e insumos somaram 0,9 milhão de toneladas de CO2e, mas a produção de etanol capturou 5,5 milhões e o estoque de carbono no solo foi estimado em 1,3 milhão de toneladas.
  • R$ 1,8 milhão investidos por meio do Programa Energia Social em projetos socioambientais e ações de mobilização comunitária, durante a safra 2015/2016, beneficiando 18,3 mil pessoas. Implementado em 2009, o Programa Energia Social define os investimentos para o desenvolvimento sustentável das comunidades, por meio de um modelo de gestão participativa. Desde sua criação, o Programa investiu cerca de R$ 20 milhões da Odebrecht Agroindustrial e R$ 9 milhões de parceiros, em 72 projetos, em nove municípios, com mais de 135 mil beneficiados diretos.
  • R$ 9,5 milhões investidos em capacitação por meio do programa Acreditar Júnior, durante a safra 2015/2016, beneficiando 219 jovens.

Unidades Agroindustriais

Goiás

  • Polo Araguaia – Unidades Água Emendada e Morro Vermelho
  • Polo Goiás – Unidade Rio Claro

Mato Grosso

  • Polo Taquari – Unidade Alto Taquari

Mato Grosso do Sul

  • Polo Taquari - Unidade Costa Rica
  • Polo Eldorado – Unidade Eldorado
  • Polo Santa Luzia – Unidade Santa Luzia

São Paulo

  • Polo São Paulo – Unidades Alcídia e Conquista do Pontal

Composição acionária