Para manter o diálogo, a interação e a comunicação aberta e transparente com seus públicos de relacionamento, a Odebrecht disponibiliza diversos canais eletrônicos, como o seu site institucional, participa de mídias sociais e promove ações de engajamento tanto no âmbito dos Negócios e das Pequenas Empresas como na Holding.

Grupos prioritários G4-24Clique e tenha mais informações sobre esse aspecto no Sumário de conteúdo GRI

A definição dos grupos de relacionamento prioritário foi feita como parte do processo de elaboração da Política de Comunicação da Odebrecht, lançada em 2014. Por meio de workshops com a participação de responsáveis por comunicação em todos os Negócios, foram identificados os públicos de cada um. Após essa triagem, eles foram divididos em quatro grandes grupos reconhecidos como públicos-alvo preferenciais de ações de comunicação e relacionamento.

grupos-proprietarios

A partir da esquerda, os Integrantes Luciano Livino de Melo, Daniel Lima, Sara Correia, Sérgio Benini, Martha Melo, à entrada do Edifício Odebrecht São Paulo

Auditoria de imagem

No último trimestre de 2015, uma Auditoria de Imagem, feita pela Holding, diagnosticou danos à imagem da Organização Odebrecht decorrentes da Operação Lava Jato. A pesquisa incluiu ainda a identificação de caminhos para a recuperação da imagem institucional e oportunidades para o fortalecimento de valores éticos.

No total, em entrevistas individuais e grupos focais, foram ouvidas 2.097 pessoas, entre:

  • Integrantes da Organização, fornecedores, prestadores de serviço, parceiros, sócios e Clientes;
  • Especialistas do mercado financeiro;
  • Potenciais agentes influenciadores ou formadores de opinião (autoridades políticas, mídia, lideranças empresariais e classistas, ONGs);
  • Lideranças de comunidades impactadas/beneficiadas pelas ações da Odebrecht;
  • Cidadãos em geral.

Dos entrevistados:

85%
consideram a Odebrecht importante ou muito importante para o Brasil

56%
acreditam que a atuação da Odebrecht é ótima ou boa para o Brasil

37%
conhecem a Organização por “ter ouvido falar” (a respeito da corrupção / Caso da Petrobras)

51%
acreditam que a Organização contribui para a geração de empregos para a população

46%
falaram sobre Lava Jato / Corrupção / Petrobras como principal menção à Empresa

As empresas da Organização Odebrecht participam ativamente de entidades setoriais e de classe, nacionais e internacionais, integrando-se às discussões sobre temas de interesse para os seus negócios e para o desenvolvimento socioeconômico dos países onde atuam. Seus posicionamentos e suas propostas são expressos de forma transparente e objetiva e são fundamentados em seus valores e princípios.

A Odebrecht S.A. tem assento e participa desde 2002, por meio de seu Diretor-Presidente, no Latin America Conservation Council (LACC), iniciativa voluntária de empresários atuantes na América Latina e comprometidos com a conservação do capital natural. O objetivo é desenvolver ou apoiar soluções inovadoras, práticas e em escala para três grandes desafios do desenvolvimento sustentável da região: segurança hídrica, segurança alimentar e infraestrutura sustentável. G4-16Clique e tenha mais informações sobre esse aspecto no Sumário de conteúdo GRI

Entre os compromissos da Holding e das empresas da Organização Odebrecht, estão:

Pacto Global

Iniciativa da Organização das Nações Unidas para empresas e outras organizações comprometidas em adotar melhorias e boas práticas em dez princípios nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. A partir da adesão da Braskem em 2007, outras empresas da Organização Odebrecht ao longo do tempo também aderiram ao Pacto. A adesão da Odebrecht S.A. aconteceu em junho de 2016.

Carta Aberta ao Brasil sobre Mudança do Clima

Lançada em 2009 com a criação do Fórum Clima, em iniciativa conjunta do Instituto Ethos e de várias empresas como a Construtora Norberto Odebrecht, a Carta Aberta ao Brasil foi renovada em agosto de 2015 em apoio à preparação para a COP 21. O documento atualiza e amplia os compromissos assumidos pelas empresas na Carta de 2009. Propõe ainda ao poder público um conjunto de sugestões para posicionamento e ações dos governos na agenda climática, nos âmbitos nacional e internacional. São signatárias da Carta as seguintes empresas: Construtora Norberto Odebrecht, Braskem, Odebrecht Agroindustrial, Odebrecht TransPort, Odebrecht Ambiental, Odebrecht Óleo e Gás e Odebrecht Realizações Imobiliárias.

Transparência Internacional – TI

ONG voltada ao combate à corrupção e incentivadora da transparência das informações de empresas, produziu em 2013 e em 2016, entre outros documentos, um relatório sobre a transparência dos informes corporativos de 100 multinacionais com origem em mercados emergentes. A Odebrecht foi avaliada nos relatórios de 2013 e novamente em 2016, melhorando sua avaliação geral, entre esses dois momentos, em 47 posições. Reconhecendo o avanço, a Odebrecht mantém o compromisso de alcançar novo patamar na qualidade dos seus informes em linha com os critérios da TI.

Comunicação

As ações de comunicação buscam manter e aprofundar relações transparentes e duradouras com Integrantes e públicos externos.

A consolidação da marca Odebrecht se dá pela ação de cada Integrante no cotidiano de servir Clientes e comunidades e por meio das diferentes ferramentas de comunicação utilizadas pelas empresas Odebrecht.

A Política de Comunicação, alinhada à Política sobre Sustentabilidade,  versa sobre os deveres e as responsabilidades dos Integrantes . Ambos os documentos são desdobramentos da Tecnologia Empresarial Odebrecht (TEO) nos respectivos temas e podem ser acessados no www.odebrecht.com.

Comitê de Comunicação e Imagem

A Odebrecht possui um Comitê de Comunicação e Imagem que tem papel coordenador e executivo, cujos Integrantes são os Responsáveis por Comunicação na Holding e nos Negócios. O líder do Comitê é o Responsável por Comunicação na Odebrecht S.A.

A condição de instância executiva, de forma excepcional, diferentemente de outros Comitês existentes na Odebrecht, é necessária para assegurar a uniformidade nos meios de comunicação utilizados em razão da grande extensão geográfica e diversidade dos Negócios.

No entanto, não são transferidas ao Comitê responsabilidades de Comunicação inerentes aos Líderes dos Negócios.

O Comitê tem como objetivos básicos assegurar o alinhamento permanente para a prática da Política de Comunicação; e promover sinergias e coerência de posicionamentos na condução dos assuntos de Comunicação e Imagem mediante o intercâmbio e a troca de informações permanente entre seus Integrantes.

Canais de comunicação

A Odebrecht mantém ativos diversos canais de comunicação, como site institucional e redes sociais (Facebook, Twitter, Youtube, Instagram, Tumblr, Linkedin, Google Plus e Pinterest), que fazem parte das ações para estreitar laços com os Integrantes e o público externo. Há ainda os Relatórios Anuais da Holding, que trazem indicadores quantitativos e qualitativos de desempenho, e publicações específicas de Negócios (como, em alguns casos, Relatório de Sustentabilidade ou Balanço Social).

Para o público interno, uma vez que o Integrante é o principal vetor de formação e consolidação da marca, foram criados canais específicos, como Odebrecht Notícias (publicação quinzenal, em português, inglês e espanhol, distribuída por e-mail), TVs corporativas, comunicados, intranets e o Link Odebrecht, aplicativo para smartphone com notícias, envio de alertas e comunicados, fóruns e interação entre usuários.

Os Negócios também mantêm mecanismos próprios de comunicação, a exemplo de telefones 0800, Ouvidoria, programas de visitas, reuniões periódicas com Clientes, fornecedores, comunidades e representantes de poder público.

Índice de Qualidade de Exposição na Mídia

O relacionamento com a imprensa está demonstrado e auditado pelo Índice de Qualidade de Exposição na Mídia (IQEM), que em 2015 alcançou a média de 5,2 pontos (o máximo é de 10 pontos), com 48% de matérias positivas e 52% negativas. Ao excluir as matérias cujas citações fazem referência à Operação Lava Jato, a média do IQEM no ano sobe para 6,7 pontos. No gráfico abaixo a pontuação mês a mês.

IQEM e Visibilidade

Anual 2015